E-book People Analytics – A transformação do setor de Gente e Gestão a um clique

E-book People Analytics – A transformação do setor de Gente e Gestão a um clique

people analytics

People Analytics e o cenário do RH!

A quantidade de informações circulando no mundo dobra a cada 1 ano e 2 meses. A velocidade e a forma de lidar com o conhecimento ganharam agilidade. Dessa forma, de maneira idêntica o cenário dos negócios foi redesenhado (o Recursos Humanos não ficou de fora).

Os processos manuais, como tabelas de Excel estão sendo substituídos gradativamente por softwares e ferramentas de Gente e Gestão Digital. Todas essas mudanças começaram a mudar a forma de contratar, reter e desenvolver profissionais.

Digitalizar já não é suficiente, definitivamente precisamos de dados que são gerados através de estudos estatísticos. O tratamento e o padrão desses elementos se tornam referências para decisões mais precisas e alinhadas com as estratégias de cada setor e contendo a identidade do seu negócio.

A conclusão inicial é que a responsável por tudo isso tem nome: TECNOLOGIA.

A mola que impulsiona o setor do Recursos Humanos convida para  processos  de  Gente e Gestão mais ágeis e  eficientes.

A força da INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL é a vertente necessária para deixar o ser humano atuar como protagonista: PEOPLE ANALYTICS

A pergunta  que  não quer calar: “Os robôs farão todos os processos de Recursos Humanos?”

De acordo com Hegel Botinha, diretor do Grupo Selpe, “O profissional de RH será sempre necessário tanto para monitorar os softwares, quanto para garantir sua eficácia, criatividade e toda relevância intelectual necessária para dar identidade ao trabalho.”

Para estar alinhado com a agilidade que invadiu todo Recursos Humanos, o Grupo investe atualmente em um laboratório de inovação com a presença de 2 startups focadas em ferramentas e softwares de Gente e Gestão Digital.

Mais dados e melhores decisões – um cenário de agilidade e dados mais precisos.

Para entender todas essas mudanças, nada melhor que buscar parceiros para alinhar conhecimentos. O Grupo Selpe e a A3Data se uniram para analisar esse momento com profundidade e constatou que aproximadamente, 40% das empresas aumentaram o orçamento na área de RH, comparando os anos anteriores. Contudo 66% declararam estar no estágio de “Relatórios Operacionais” e outras 23% já partiram para a fase de Business Intelligence.

Essa pesquisa, lançada em 2019, revela o cenário atual do uso de tecnologia, do perfil do profissional que acessa e usa People Analytics. Mas os  estudos revelam como as organizações estão conduzindo todas as transformações.

A tecnologia conduziu as mudanças do RH?

Sim!

As formas de analisar os currículos mudaram. Competências técnicas e habilidades comportamentais devem estar alinhadas com a cultura da empresa a busca por  estabilidade e retenção de profissionais. Sucesso, nesse  exato momento, tem total ligação com felicidade e o resultado são entregas mais efetivas, a busca por  engajamento é a consequência de todos  esses fatores.

Mais dados para tomar as decisões

Portanto a análise de todo contexto que abrange a vida de um profissional, não se resume a Recrutar e Selecionar .   Similarmente é usada  para desenvolver pessoas. Surpreendentemente a força do Big Data ganhou a força  da precisão que  o Recursos Humanos  tanto almejava. Além de dados e maior porcentagens  de acertos, a tecnologia  trouxe a forma preditiva de recrutamento. Com a finalidade de realizar “matchs” do perfil do profissional inseridos em vários ambientes sociais:cultura, com sua equipe, gestão e realmente satisfeito com sua rotina .

Com a análise de soft skills ( habilidades comportamentais), através do People Analytics é possível predizer o sucesso de um profissional dentro da organização. As habilidades comportamentais, ligadas a personalidade, ganham uma análise única e isso prevê o sucesso dos profissionais junto a sua capacidade de adaptação na empresa.

Assim, o que antes era intuição agora são dados para auxiliar nas tomadas de decisões e deixá-las mais precisas. Diante dessa nova forma de vivenciar o trabalho dentro do Recursos Humanos as empresas focam cada dia  mais  em pesquisa e tecnologia como investimentos e retorno em produtividade real.

Quais os ganhos reais para  todos processos do Recursos Humanos

Enxergar  os  números de: turnover, presenteísmo, absenteísmo em franco declínio. Levantar questionamentos com soluções nítidas para: recrutamento e seleção, desenvolvimento e políticas  de  engajamento. Todos  os  processos relacionados  a Gente  e  Gestão foram otimizados com a  inserção de algoritmos, inteligência artificial e Big Data.

O que  descobrimos  com tudo isso é  que a INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL é o caminho necessário para apoiar O SER HUMANO como protagonista. Assim sendo, PEOPLE  ANALYTICS é uma metodologia cujo princípio é a coleta, a organização e a análise de dados aplicada à gestão de pessoas. Para ter uma visão mais estratégica do papel de cada colaborador dentro de uma empresa a tecnologia serve aos  profissionais. O objetivo principal é melhorar a qualidade para a tomada de decisão no RH. Conclusão melhor direcionamento de tempo e investimento em pessoas.

Agora, acesse o material completo que irá apoiar suas estratégias para 2020. Um setor de Gente e Gestão estratégico, integrado ao seu negócio com foco em pessoas, está  acessível a todos profissionais de RH.

Clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *