R&S: 3 novas técnicas para elevar a sua performance!

R&S: 3 novas técnicas para elevar a sua performance!

R&S

A competição está cada vez mais acirrada. Os talentos de alta performance das novas gerações têm sonhos e aspirações diferentes da estabilidade de carreira profissional no mundo corporativo. Recrutar e Selecionar demora cada dia mais tempo. Candidatos têm se tornado mais exigentes com os processos de seleção. Como lidar com os infinitos novos desafios do R&S no século XXI?

Nesse cenário, os departamentos de Recrutamento e Seleção têm enfrentado desafios constantes para poder encontrar perfis ideais para compor o quadro de pessoal das organizações. E não se engane achando que basta oferecer mimos para seus futuros colaboradores, pois estes não serão seduzidos facilmente. Os propósitos individuais e os valores que movem as pessoas devem estar em consonância com as aspirações dos profissionais, esse é o atual desafio de todo Recursos Humanos. ALINHAMENTO DE ASPIRAÇÕES.

Pensemos assim: recrutar e selecionar atualmente não se resumem aos atos de receber um currículo e entrevistar um candidato. Na verdade, para obter sucesso nessa empreitada, é necessário conduzir um processo original e inovador. Aqui vai uma dica: isso começa bem antes de anunciar a vaga ou de começar a receber currículos!

1- Página de Carreiras

 

Assim como o Marketing possui um funil de vendas, o Recrutamento e Seleção também possui o seu! Ele começa pelo momento em que o candidato procura por vagas e por oportunidades e encontra o site da sua empresa. Esse é o primeiro contato de um possível futuro profissional com a sua marca, é preciso que a casa esteja completamente arrumada a fim de passar uma boa imagem.

Esse trabalho começa pela Página de Carreiras. Normalmente acessada pela página do Trabalhe Conosco, essa janela do seu site é importantíssima para atrair candidatos alinhados aos seus valores. Nela, procure sempre responder às perguntas: quem sou eu? Por que é bom trabalhar aqui? Lembre-se que se trata de convencer um candidato a optar pela sua empresa.

A Página de Carreiras é, na realidade, o início da construção da sua marca empregadora. Então, aproveite-a para colocar fotos, imagens, vídeos e depoimentos dos seus colaboradores contando como é trabalhar no ambiente que a sua empresa propõe. Deixar transparecer o clima de trabalho, a cultura que move a organização: esse é o objetivo. Quem sabe até colocar um case interno de sucesso ?!

2-Recrutamento Inteligente

 

A gestão do seu processo deve ser organizada, na verdade, na hora de selecionar os seus talentos, burocracias administrativas não devem ser de forma alguma uma preocupação. Imagine ter que se inquietar sobre pastas de currículos e planilhas de Excel quando você tem a missão, por exemplo, de escolher 10 ou 15 candidatos entre os 300 que se inscreveram?

Recorrer a uma plataforma de Recrutamento Inteligente é fundamental para automatizar o seu processo de R&S. Elas automatizam todas as tarefas que anteriormente eram manuais, ou seja, receber currículos, triá-los, selecionar os que se adequam aos critérios estipulados e realizar contatos com candidatos agora é muito mais ágil e simples.

Além de liberar a sua equipe de Recursos Humanos das tarefas burocráticas deixando-os focar em ações estratégicas, as ferramentas de Recrutamento e Seleção aliam a identidade da sua empresa à tecnologia e à inovação.

Ficou curioso: veja mais sobre por que contratar um software de Recrutamento & Seleção!

3-Inteligência Artificial no R&S

 

Já refletiu sobre quais são os seus critérios de Recrutamento & Seleção? Eles priorizam quais tipos de habilidades? Eles avaliam o candidato sob qual perspectiva? Em outras palavras: ele é inovador?

Hoje, empresas enfrentam altíssimos índices de turnover, isto é, candidatos são aprovados em processos seletivos e, eventualmente, evadem a empresa. Na verdade, segundo pesquisas da equipe do AssessFirst, 46% dos aprovados em processos de Recrutamento e Seleção evadem seus postos com até um ano e meio de trabalho.

Todo esse cenário nos traz reflexões sobre os parâmetros de seleção adotados na seleção. Anteriormente, critérios como a instituição onde o candidato estudou, o número de idiomas que ele fala e o número de experiências internacionais que ele tem imperavam nos processos seletivos. Todavia, esse modelo apresenta-se falho, pois eventualmente os talentos têm evadido a empresa.

Assim, novos modelos de seleção emergiram para mudar como o R&S vê o candidato. O objetivo agora é fazer avaliação de pessoas, não de CV’s, ou seja, é muito mais importante conhecer quem é o indivíduo, quais são seus soft skills e qual será a afinidade dele com a cultura da empresa. E é aí que a inteligência artificial emerge como solução.

Softwares dotados de inteligência artificial aparecem como ferramenta para analisar os soft skills dos candidatos, quais são as suas competências, se ele vai ou não obter sucesso no seu posto de trabalho e, mais importante, se ele será feliz no exercício da sua profissão. Quando usadas essas ferramentas a fim de encontrar esses candidatos, o R&S encontra níveis de performance jamais imaginados!

No R&S, é caminhando que se chega lá!

 

No universo do Recrutamento e Seleção, sempre há novas tecnologias e ferramentas à disposição. Embora possa parecer complicado aplicá-las no ambiente de trabalho, os seus benefícios certamente se comprovam.

Antes de tudo, lembre-se que o primeiro passo é o mais difícil, mas que, uma vez dado, fica mais fácil. O importante é ver as modernizações, abraçá-las e seguir em frente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *